Como configurar a VPS na Digital Ocean – Tutorial Completo

Haverá um momento em que o seu negócio online irá crescer e uma hospedagem compartilhada já não será suficiente para suportar o blog que te dá dinheiro pela internet.

Talvez os sinais estavam aí há tempos já, você que não quis enxergar…

  • Site ficando fora do ar constantemente.
  • Erros 500 aparecendo toda hora.
  • Advertências da sua hospedagem por extrapolar o limite do plano.
  • Lentidão e desempenho ruim.
  • Aumento da taxa de rejeição.
  • Seu blog começou a despencar no ranking das buscas.

Tudo isso acima está relacionado e indica que está na hora de migrar para um servidor melhor, que suporte as necessidades do seu negócio.

E agora, o que fazer?

A solução está em contratar uma VPS (Virtual Private Server).

Como você já deve saber, as hospedagens compartilhadas funcionam da seguinte forma:

Você contrata uma empresa que aluga uma pequena parte de um servidor para milhares de clientes, que por sua vez, instalam quantos sites querem nela. Acarretando em um sistema completamente lento, inseguro e pouco profissional.

Já uma VPS é bem diferente, você aluga um servidor apenas para você. E utiliza apenas para os seus projetos.

E isso traz uma velocidade incrível para os seus sites, aumenta a segurança e traz mais confiança para que os buscadores, como o Google melhorem a sua visibilidade.

Talvez você esteja achando que dar esse passo para essa nova realidade seja complicado e caro, mas não…

Veja a seguir que migrar de uma hospedagem compartilhada para VPS é até simples e que na verdade sai muito mais barato.

Neste artigo, você aprenderá:

  • Como contratar uma VPS na Digital Ocean.
  • Como apontar o domínio.
  • Como instalar um painel de gerenciamento (Vesta CP).
  • Como instalar o WordPress.
  • Como migrar o seu site WordPress sem perder nada.
  • Como ativar o certificado SSL.

O passo a passo é bem completo, só precisa fazer igual.

Se você achar que é muito difícil, no final deste artigo temos um sugestão especial.

BRvps falta 970x90 - Como configurar a VPS na Digital Ocean - Tutorial Completo

Como configurar uma VPS na Digital Ocean

Para iniciar na Digital Ocean, você deverá:

  • Possuir um cartão de crédito internacional
  • Se cadastrar através deste link para receber US$ 50 de bônus.

Ao contrário de uma hospedagem compartilhada, neste você precisa configurar o seu servidor do zero, ou seja, ele vem sem nada.

Mas não se preocupe, é só seguir essa trilha abaixo e em cerca de 30 minutos o seu servidor estará funcionando. Por isso, não pule nenhuma etapa.

Dica: utilize um domínio gratuito para realizar este tutorial, se tudo der certo você refaz com o seu domínio próprio.

Criando um novo projeto

Depois de se registrar na Digital Ocean, o primeiro passo a ser feito é criar um novo projeto.

Para configurar VPS Digital Ocean, o primeiro passo é criar um novo projeto (project)

Na barra lateral, clique em + New Project e preencha os campos, principalmente o “Name your project”. Em seguida clique em Create Project.

Apontar o domínio para a VPS

O próximo passo é fazer o apontamento do seu domínio para a Digital Ocean.

Clique em Create > Domains/DNS.

Para apontar o domínio para a digital ocean clique em Create > Domain/DNS.

Preencha o seu domínio e clique em Add Domain.

Adicione o seu domínio na digital ocean e clique em ADD Domain

Você será direcionado para o DNS do seu domínio cadastrado.

Copie os 3 namesevers da Digital Ocean e aponte o seu site para eles:

  • ns1.digitalocean.com
  • ns2.digitalocean.com
  • ns3.digitalocean.com

Criando um droplet (servidor)

A Droplet (gotícula) é o nome dado ao seu servidor dentro da Digital Ocean.

Vá em Create > Droplet.

Para criar um servidor na digital ocean, você deverá criar uma droplet (gotícula)

Na página que abrir, escolha as seguintes opções:

  • Ubunto 18.04 (LTS) x64
  • Plano de 5 dólares
  • Marque a opção Enable Backups
  • Datacenter escolha o mais próximo do Brasil, ou seja, o New York 1 ou 3.
  • Em choose a hostname, digite o seu domínio.

Feito isso, clique para criar a droplet e espere o sistema fazer as configurações básicas.

Você receberá um email com as informações essenciais do seu servidor.

Após criar a droplet, você receberá um email da Digital Ocean com o IP, username e password do seu servidor VPS

Configurar o SSH do servidor

Agora você irá trabalhar com algumas linhas de código, mas não se preocupe, é só seguir o roteiro.

Primeiro você precisa acessar o seu servidor via SSH, para fazer isso, é preciso instalar o PuTTy.

Com ele instalado, siga as seguintes etapas:

Passo 01

Abra o PuTTy e cole o IP do seu servidor em Host Name (or IP adress), em seguida clique em Open.

Após receber os dados do servidor VPS da Digital Ocean, o primeiro passo é conectar via SSH e alterar a senha padrão do servidor.

 

Irá aparecer uma mensagem de alerta, não se assuste com ela. Isso acontece sempre que você acessa o servidor pela primeira vez. Basta clicar em sim.

Passo 02

Já no terminal aberto, irá aparecer “login as“, digite root e dê um enter.

Em password, cole a sua senha recebida no email.

Atenção: para colar no Putty você deve clicar com o botão direito do mouse dentro do programa.

Sendo assim, insira a senha e dê um enter.

Quando aparecer (Current) UNIX password cole novamente a sua senha.

Em seguida, digite a nova senha. Cuidado para não esquecer ela.

Instalando o Vesta CP na sua hospedagem

VestaCP é um dos melhores paineis de gerenciamento de servidores existentes, é estável, seguro, leve e gratuito.

O VestaCP é um painel de gerenciamento.

Se você está vindo de uma hospedagem compartilhada, provavelmente estava utilizando o Cpanel.

Porém, como esta é paga, nós iremos trabalhar com o VestaCP, que é mais leve e possui praticamente as mesmas funções.

Sem um painel, fica difícil administrar a sua VPS e tudo teria que ser feito através de linhas de código.

Passo 01 – Atualizar o servidor

Antes de tudo, deixe o seu sistema atualizado.

No seu Putty, cole os seguintes códigos:

apt-get update

apt-get upgrade

Faça da seguinte forma, cole o primeiro e dê enter, espere terminar, depois cole o segundo e dê um enter.

Se o sistema perguntar alguma coisa, digita Y para aceitar.

Passo 02 – Instalação do VestaCP

Com o seu servidor atualizado, vamos finalmente instalar o painel de gerenciamento.

Cole o seguinte código para que o seu servidor faça o download do VestaCP:

curl -O http://vestacp.com/pub/vst-install.sh

Em seguida cole este outro para instalar:

bash vst-install.sh -f

Agora faça isso:

  • Dê um enter, em seguida pressione a tecla Y e dê um novo enter.
  • Preencha o seu email e dê um enter.
  • Preencha o nome da sua droplet e de um novo enter.

A instalação irá começar.

De acordo com o sistema, pode demorar até 15 minutos, no entanto costuma demorar apenas 5 ou menos.

Passo 03 – Copiando o login e senha do VestaCP

Terminada a instalação, você verá o seu login e senha para acessar o VestaCP.

Deixe essas informações anotadas em algum lugar e não perca.

Após finalizar a instalação do VestaCP via Putty, você verá os seguintes dados para acessar o painel pelo navegador.

Para acessar o painel, utilize o link do seu ip seguido pelo :8083.

E utilize o username e senha para logar.

Passo 04 – Configurando o DNS do seu domínio

Quando nós adicionamos o domínio lá no começo deste tutorial, ainda não tínhamos um IP para apontá-lo.

Sendo assim, é preciso criar uma entrada A para o seu IP.

Vá em Create > Domains/DNS.

Clique no domínio que você adicionou.

Em hostname digite @ e em Will direct to selecione a sua droplet. Depois clique em Create Record.

Você deve configurar o DNS do seu domínio na Digital Ocean para que ele aponte para a sua droplet.

Crie também um registro CNAME com os seguintes valores:

  • HOSTNAME: www
  • IS AN ALIAS OF: @

Isso fará com que o seu site funcione também quando alguém digitar o www na frente do domínio.

Passo 05 – Configurando o VestaCP

Agora você deve logar no VestaCP e realizar algumas configurações básicas.

Na aba USER, clique em Edit.

Veja as configurações essenciais do VestaCP após a instalação.

Altere:

  • Senha
  • Idioma (language)
  • Nome e sobrenome

Depois clique em Save.

Instalar o WordPress no VestaCP

Para fazer a instalação do WordPress no VestaCP, iremos precisar do FileZila Client.

Instale ele e faça também o download da versão mais recente do WordPress, neste link.

Extraia o WordPress na sua área de trabalho, assim ficará mais fácil encontrá-lo depois.

Siga os passos a seguir:

Passo 01 – Abrindo o servidor no FileZila

Com o Filezila aberto, clique em Arquivo > Novo Site

  • Selecione o protocolo SFTP
  • Em Host insira o IP do seu servidor (ex: 134.209.46.65)
  • Clique em conectar

Ele pedira o seu login e senha do VestaCP

Insira as credenciais corretas e clique em conectar.

Passo 02 – Excluindo os arquivos indexados

Agora clique na pasta Web (no último quadrado de arquivos fiezila), depois entre na pasta com o nome do seu domínio, e entre na pasta public_html.

Delete o arquivo index.html

Passo 03 – Subindo o WordPress para o servidor

Agora você deve transferir os arquivos da pasta WordPress do seu computador para a pasta Public.html do seu servidor.

Para fazer isso, na janela ao lado, entre na pasta WordPress, selecione todos os arquivos e clique com o botão direito do mouse.

Em seguida, aperte o botão Upload.

Veja como instalar o WordPress na sua VPS através do FileZila.

Essa parte pode ser bem demorada, pois você estará enviando os arquivos do seu computador para o servidor com a velocidade de Upload da sua internet.

Espere a transferência terminar e feche o FileZila.

Obs: se a transferência de algum arquivo falhar, basta colocá-lo na fila novamente.

Passo 04 – Instalando o WordPress

Quando a transferência terminar, você pode fechar o FileZila, pois não iremos precisar mais dele no momento.

Agora vamos iniciar a instalação do WordPress.

O primeiro passo é configurar o banco de dados.

Acesse o seu VestaCP e vá em Database.

Crie uma nova database preenchendo os campos em branco.

Anote em um bloco de notas todas essas informações, pois você precisará delas.

Para prosseguir com a instalação do WordPress, você deve criar um banco de dados no VestaCP.

Agora acesse o seu site no navegador para instalar o WordPress:

Na primeira etapa você deve inserir as credenciais do seu banco de dados criado para o WordPress.

Nos campos acima, insira aquilo que você criou agora a pouco.

Se tudo foi feito corretamente, você receberá uma mensagem de que o WordPress conseguiu se conectar com o banco de dados.

Clique em Instalar.

Agora preencha as informações solicitadas.

E clique em Instalar WordPress.

Informe o título do seu site, o usuário e a senha para configurar o WordPress e finalizar a instalação.

Prontinho, já pode logar no seu site WordPress…

Agora já é possível entrar no seu WordPress instalado na VPS da Digital Ocean

Ativando o SSL no VestaCP

Para ativar o SSL gratuito no VestaCP, entre na aba Web, clique em Edit no seu domínio.

Para instalar o SSL Gratuito no VestaCP você deve ativar o SSL Suport e o Lets Encrypt Support na aba Web do gerenciador.

 

Marque a caixinha SSL Suport.

E marque a caixinha abaixo Lets Encrypt Suport.

O SSL Home deixe em public_html

Clique em salvar.

Em seguida, logue no seu WordPress.

Instale e ative o plugin Really Simple SSL.

Esse plugin transfere todos os visitantes que acessarem seu site sem o https para o site seguro.

Criar Emails no VestaCP

Agora vamos aprender como criar seus emails personalizados pelo VestaCP.

Vá na aba Email e clique em adicionar conta:

Para criar um email no VestaCP vá em Email>Adicionar conta

Em seguida é só preencher os campos necessários:

Insira as informações do seu email para adicionar um novo email no VestaCP.

Em conta é o que irá aparecer antes do @ do email.

Preencha também a senha e clique em adicionar.

Para logar no seu email, basta clicar em abrir webmail:

Para abrir o email no VestaCP basta clicar em abrir webmail.

Bônus 01: Como migrar WordPress de servidor

Para fazer a migração do WordPress da sua hospedagem compartilhada para o servidor VPS, a recomendação é utilizar o plugin All in One WP Migration.

Para utilizá-lo, obviamente é necessário instalar primeiro no site que você quer migrar, ainda na antiga hospedagem e fazer a exportação dos arquivos.

Se você já seguiu o tutorial acima, não tem problema, basta apontar o seu domínio para a hospedagem antiga e esperar propagar.

Em seguida, basta importar os arquivos pelo WordPress instalado na nova hospedagem.

Bônus 02: Testando a capacidade da VPS

Vamos brincar um pouco, tudo bem que o nosso site não possui nada, mas dá para ter uma noção da capacidade dele…

Fizemos um teste de 500 visitas em 1 minuto através do Loader.io, veja o resultado:

O servidor mais barato da digital ocean suporta pelo menos 500 acessos por minuto.

Como você pode ver, utilizando o plano mais simples da Digital Ocean, temos um servidor que aguenta mais de 500 visitas por minuto.

Já em uma hospedagem compartilhada comum, se você realizar este mesmo teste, o site irá cair.

Hospedagens compartilhadas suportam normalmente até 25 visitas simultâneas, mas se o seu site for pouco otimizado, não aguenta nem 5.

Então você já pode perceber a diferença aí…

Bônus 03: O plugin para turbinar o seu site mais ainda

O plugin Páginas Instantâneas deixa o WordPress muito rápido

Você já tem um negócio operando no modo turbo, mas que tal melhorar ainda mais o seu blog WordPress?

É possível!

Com o plugin Páginas Instantâneas, você consegue fazer com que os eu blog carregue na velocidade da luz com apenas 1 clique.

Você pode ver como funciona na prática e fazer o download do plugin através deste link.

O Google adora sites rápidos e os visitantes também…

O plugin páginas instantâneas funciona da seguinte forma:

Quando o visitante entra no seu site, ele salva em cache todas páginas do seu site.

Sendo assim quando ele entrar novamente no site, ou mudar de página elas irão carregar instantaneamente, como o próprio nome sugere.

E tem mais um truque, com o Páginas Instantâneas PRO, você pode fazer com que o cache de todos os seus sites sejam baixados para o seu visitante.

Bônus 04: Adicionar vários sites na mesma VPS da Digital Ocean

Vamos supor que você tenha diversos sites e queira colocá-los todos na mesma hospedagem na Digital Ocean, isso é possível?

Completamente possível!

Siga estes passos:

  • Adicionar o site na Digital Ocean
  • Apontar o domínio para a digital ocean
  • Configurar o DNS do domínio para apontar pro IP do seu servidor (droplet)
  • Adicionar o site no VestaCP, na aba Web

Para instalar o WordPress, siga o mesmo passo a passo do tutorial ou se não quiser ter que subir os arquivos via FTP toda vez, você pode criar uma pasta separada no servidor e copiar os arquivos entre as pastas do servidor nas próximas instalações.

Considerações Finais

Como você pôde ver, configurar um servidor VPS não é tão difícil assim.

Seguindo o passo a passo acima, você consegue configurar o servidor na Digital Ocean e ser livre para administrar o seu próprio negócio online.

Com o tempo, perceberá que o seu Ranking no Google irá melhorar, e que a taxa de rejeição do seu site irá despencar.

Isso porque a experiência do usuário no seu blog estará otimizada.

Com uma VPS, seu site estará em um “outro nível” a partir de agora.

É importante lembrar que você é o responsável pelo seu servidor.

Portanto, faça backups periódicos e sempre que for realizar alguma mudança, salve tudo antes.

Também é de sua responsabilidade manter o servidor atualizado.

Não esqueça do seu bônus de 50 Dólares na Digital Ocean através deste link

Não gostei da Digital Ocean, terei que ficar preso à minha hospedagem compartilhada?

Você pode não gostar da Digital Ocean por inúmeras razões:

  • Dificuldades técnicas.
  • Falta do Cpanel (dá para instalar, mas custa caro).
  • Não possuir cartão de crédito internacional.
  • Entre outros…

Mas existem as opções de VPS semi-gerenciadas.

Por exemplo, se você está disposto a aumentar um pouco o orçamento, a Hostgator atualizou os seus servidores de VPS recentemente.

No plano mais básico, eles contam com:

  • Processadores Intel(R) Xeon(R) CPU E5-2630 v4 @
  • CPU de 3 Core
  • 4 GB de RAM (DDR4)
  • 160 GB Armazenamento SSD
  • 2 IPs dedicados
  • Sistema operacional CentOs 7
  • Firewall
  • Até 10 mil emails por hora
  • Painel Whm/Cpanel 
  • Suporte excelente via chat
  • Até 30 migrações gratuitas

Enfim… não vou citar tudo.

Mas o interessante dessa VPS da Hostgator, é que se você fizer uma “cagada”, basta ir no chat e informar o que está acontecendo que eles arrumam na mesma hora.

Você também não precisa fazer esse passo a passo todo acima, pois o seu servidor virá já configurado e pronto para uso 🙂

Tudo isso por cerca de R$ 50/mês através deste link com desconto.

A princípio pode parecer caro, mas acredite, é a sua hospedagem compartilhada de R$ 10 por mês que está saindo caro!

BRvps falta 970x250 - Como configurar a VPS na Digital Ocean - Tutorial Completo


Ficou com alguma dúvida?

Encontrou algum erro?

Utilize os comentários abaixo!

Ebook Renda Extra Online

Ebook Renda Extra Online

Aprenda como ter uma renda extra consistente e duradoura pela internet ou até mesmo viver exclusivamente disso

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *