Como definir a Taxa Mínima de Atratividade (TMA)?

Podemos definir a Taxa Mínima de Atratividade, ou simplesmente TMA, como o retorno mínimo que o investidor espera ter em relação a um investimento. Definir a TMA é uma questão muito polêmica, pois não há uma regra específica para isso.

É muito comum utilizar como parâmetro uma taxa de risco baixa do mercado financeiro, como por exemplo a da caderneta de poupança e acrescer uma taxa de risco, formando assim a TMA.

Mas como definir a taxa de risco? É aí que entra a grande polêmica ! Essa definição vai variar de pessoa para pessoa. Utilize como base o momento econômico do país, da sua região, a probabilidade de algo fora do esperado acontecer, a possibilidade de perder o capital investido, o seu grau de conhecimento em relação ao negócio, até mesmo o sucesso ou fracasso dos seus concorrentes ou negócios parecidos com o seu podem ser levados em consideração nesse momento.

Enfim, você terá que analisar os fatores que mais se aplicam ao seu negócio e transformar isso em uma taxa percentual. Lembrando que é importante haver uma coerência nesse percentual escolhido.

Conseguindo mensurar essa taxa de risco, é bem simples compôr a TMA, veja um exemplo:

Composição da TMA

  1. Poupança (0,5% a.m) = 6,17% a.a
  2. Risco = 11,83% a.a
  3. TMA = 18% a.a

Está vendo como é fácil definir a TMA? Nesse caso eu “chutei” o valor da taxa de risco apenas para dar um exemplo. Agora vamos supor que eu esteja analisando a viabilidade de abrir uma confecção de roupas, mas não sei nada sobre esse setor, não conheço nenhum fornecedor confiável e há pouca mão-de-obra qualificada em minha região, isso não seria um risco?

E porque não classificar o quão influente é esse risco em relação à esse negócio que eu estou analisando? Como por exemplo: alta influência, aumentar 5% na taxa de risco; média influência, aumentar 2%; baixa influência, aumentar 0,5% ?

Esse pode ser um caminho para você conseguir definir uma taxa de risco realista e consequentemente uma TMA coerente. Uma outra coisa que você deve entender é que a Taxa Mínima de Atratividade pode mudar conforme o tempo passa. Se no caso acima eu não conhecia nenhum fornecedor confiável pro meu negócio e agora eu conheço vários, então esse fator não deveria mais entrar na taxa de risco, concorda?

Não esqueça que a TMA sozinha não significa nada, mas será extremamente importante na hora de calcular o VPL, ou comparar com a TIR, TMR, etc

Então um conselho: ANALISE BEM A SUA TAXA MÍNIMA DE ATRATIVIDADE, pois escolher um valor absurdo poderá fazer com que a sua análise do investimento se torne completamente inviável quando o negócio na verdade é viável, ou ao contrário você pode se enganar achando que é um baita negócio, mas na verdade é uma grande furada.

Ebook Renda Extra Online

Ebook Renda Extra Online

Aprenda como ter uma renda extra consistente e duradoura pela internet ou até mesmo viver exclusivamente disso

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *