Quanto custa montar uma loja virtual? Descubra agora!

Criar uma loja virtual é o sonho de muitos empreendedores que desejam trabalhar com comércio eletrônico, mas você já parou para calcular quanto custa montar uma loja virtual? Este artigo irá esclarecer essa questão, abordando os elementos “obrigatórios” para iniciar corretamente um comercio eletrônico e os seus custos.

Assim como todo tipo de negócio, uma loja virtual também possui custos, despesas e necessidade de investir. Não é apenas contratar uma plataforma e começar a lucrar. Não funciona desse jeito.

Começaremos conversando sobre os investimentos necessários para abrir uma loja virtual. E em seguida iremos entrar na questão dos custos fixos e variáveis que normalmente as lojas virtuais possuem.

Investimentos para montar uma loja virtual

Os investimentos básicos para iniciar corretamente uma loja virtual são: a abertura da empresa, desenvolvimento da marca, móveis e equipamentos de escritório, estoque inicial, estoque inicial de materiais de expedição, verba para marketing e finalmente o capital de giro. A seguir você verá os custos médios para cada um desses elementos.

Abertura de empresa

É recomendável iniciar sua loja virtual já como empresa. Você até pode iniciar como pessoa física, mas pense bem: será que seu cliente teria alguma confiança em comprar de você? Não né. Então será preciso abrir uma empresa, assim você poderá emitir Nota Fiscal e já começar certo.

Mas não se preocupe, você poderá iniciar como MEI (Microempreendedor Individual). Sabia que o Mei não paga imposto sobre suas vendas? Isso mesmo, você paga apenas uma taxa por mês em torno de R$ 50.

Então voltando ao assunto, para a abertura de uma empresa, você deverá ir primeiramente a uma contabilidade e explicar o negócio que você quer criar. O contador fará o serviço de abertura da empresa. Isso tudo é bem simples e em menos de uma semana você já poderá estar com seu CNPJ. Em relação aos custos, costuma ficar em torno de R$ 150 para abrir a empresa e receber um treinamento básico de como emitir nota fiscal.

Marca

A marca é um dos bens mais valiosos de uma empresa. Não estamos falando ainda em registrar a marca no INPI, mas sim no desenvolvimento de um logo tipo e banners de divulgação. Também pode-se incluir aqui a compra de um tema bonito para a sua loja.

Um trabalho bem feito poderá ser encontrado a partir de R$ 700,00.

Sobre o registro da sua marca no INPI, o aconselhável é fazer isso o mais breve possível, porém não é um elemento “obrigatório” na abertura de uma loja virtual.[quads id=1]

Equipamentos de informática

Talvez não seja preciso. No começo você pode pegar o seu computador e gerenciar a loja virtual através dele sem problema algum. Mas eu recomendo você já ir reservando alguma graninha, pois quando a sua empresa crescer será muito importante possuir um computador ou mais apenas para o seu negócio. Não é interessante misturar suas coisas pessoais com profissionais.

Então neste item, eu sugiro reservas algo em torno de R$ 4.000,00 para você comprar equipamentos de informática. Isto é, computador ou notebook, mouse, teclado, modem (se for necessário), impressora, etc.

Móveis

Que tipo de produto você irá vender? Bom isso fará o valor de investimento em móveis variar muito. Então analise como você irá estocar seus produtos. Também serão necessários móveis para o seu escritório, como mesas e cadeiras. Então pode-se dizer que algo em torno de R$ 2.000,00 para móveis.

Estoque inicial

Essa aqui é outra questão que irá depender muito. Há lojas virtuais que nem com estoque trabalham, pois elas operam com o estoque diretamente do fornecedor (Drop Shipping). Então esse valor você terá que definir, mas faça uma previsão de vendas e compre estoque suficiente para um mês inteiro, algo que vai ser em média de R$ 6.000,00.

Materiais de expedição

O produto que você vender terá que ser embalado para chegar até seu cliente, certo? Então você terá que ter algum estoque de embalagens inicial. Pode ser caixas, sacos de segurança, etc. Escolha o mais adequado ao seu produto. Também será necessário fitas e papel.

Será preciso investir em torno de R$ 100,00 para você não passar por apuros.

Verba inicial de Marketing

Não basta criar uma loja virtual e achar que as pessoas irão visitar ela sem alguma divulgação. Talvez seus parentes irão dar uma olhada, ou as pessoas para quem você falar. Mas o restante das pessoas nem irão saber que a sua loja existe.

Então você precisará investir em marketing, investir em tráfego pago, ou seja, anúncios. Sem essa verba inicial, sua loja não terá tração. Ficará estagnada no ponto zero. Recomendo então guardar pelo menos R$ 3.000,00 para trazer pessoas até sua loja.

Mas cuidado!! Não gaste dinheiro para trazer as pessoas erradas até sua loja. Você precisa trazer potenciais clientes. Se você nunca trabalhou com anúncios no Google, Facebook, entre outros, eu recomendo você dar uma olhada no curso online FacebookAds 360. Lá você irá aprender como trabalhar com essas ferramentas de uma forma prática e correta com os melhores especialistas do mercado.

Capital de Giro

Será necessário ter um capital de giro inicial para repor o estoque e para pagar suas despesas.  Reserve pelo menos uma quantia equivalente a metade do valor do seu estoque inicial. Algo em torno de R$ 3.000,00.

Se você utilizar um intermediador de pagamentos, você só poderá resgatar o dinheiro de suas vendas depois de 15 a 30 dias (dependendo da empresa que você escolher). Então não dá para iniciar sem um capital de giro. Já imaginou se você vender todo o estoque na primeira semana? Como você irá repor esse estoque? A loja vai ficar vazia enquanto o dinheiro não é liberado? Enfim, não cometa o erro de iniciar sem um capital de giro.

Total de investimentos iniciais

Com base em nossa análise, são necessários cerca de R$ 18.950,00 de investimento para você iniciar uma loja virtual. Provavelmente esse valor será menor se você aproveitar os seus equipamentos de informática e os seus móveis. Mas de qualquer forma, tente já ir reservando esse valor pois conforme sua loja for crescendo, será necessário investir.

Custos Fixos

Os custos fixos são tudo o que você terá que pagar, mesmo que não faça venda nenhuma. Não importa se você vender dez produtos, cinco mil, ou um trilhão, os valores não irão alterar. Para uma loja virtual iniciante, os principais custos fixos são: a plataforma, internet e telefonia, sistema de ERP e energia.

Plataforma

A plataforma é fundamental para a sua loja virtual. Sem ela a loja simplesmente não existe. Não escolha a mais barata, nem se baseie só pelo preço. Analise qual delas é a que mais se adapta ao negócio que você deseja criar.

Uma das mais recomendadas para você criar sua loja virtual é a TRAY, pois ela já possui integrações com quase todos os Marketplaces, sem contar que possui inúmeras funcionalidades nativas que você teria que pagar em outras plataformas. O valor do plano inicial é de R$ 89,00.

Sistema de ERP

Um sistema de ERP integrado na sua plataforma facilitará muito a gestão da sua loja virtual. Com ele você terá relatórios financeiros, controle de estoque, emissão simplificada de notas fiscais e muito mais.

Um dos melhores serviços de ERP que pode ser integrado diretamente a plataforma de uma loja virtual é o Bling. O valor do seu plano de entrada para lojas virtuais é de R$ 50.

Eu realmente preciso disso? Com certeza, a sua função não é ficar o dia todo emitindo nota fiscal ou fazendo relatórios financeiros. A sua função é fazer marketing, é atrair clientes, fidelizar clientes. Então sim, você precisa de um sistema de ERP.

Internet e Telefonia

A internet é obrigatória para você gerenciar sua loja. Também é importante que a sua loja possua um telefone fixo, pois isso dará mais credibilidade a ela. Tenha também um celular, assim você poderá atender via Whatsapp.

Existem combos que você poderá assinar para possuir um telefone fixo, internet e celular. Todos nós sabemos que aqui no Brasil esses serviços são caros e deixam a desejar, no entanto você precisará escolher algum. Vamos colocar um valor como base aqui de R$ 150 por mês.

MEI – Microempreendedor individual

Escolher o microempreendedor individual (MEI) é provavelmente a melhor escolha para uma loja virtual iniciante. Você pagará uma taxa que fica em torno de R$ 50 por mês, terá CNPJ, poderá emitir nota fiscal e não precisará pagar imposto sobre o faturamento e nem pagar contabilidade.

Importante esclarecer que para poder ser MEI você não poderá ter outra empresa, nem ser sócio de alguma empresa.

Energia

Esse é um ponto que talvez nem fosse necessário falar. Para utilizar o computador, para a internet funcionar, para administrar sua loja virtual você precisará de energia. Esse valor fica em torno de R$ 30 por mês. Mesmo que você inicie sua loja em casa, eu recomendo que de alguma forma esse custo seja registrado e embutido no preço do seu produto.

Total de custos fixos

Somando os custos acima, chegamos ao valor de R$ 369 por mês. Esse valor sairá do bolso da sua loja virtual todo mês. Não importa a quantidade de vendas. Lembrando que esses são os custos mais básicos possíveis, à medida que a sua loja crescer será necessário rever esses valores.

Você terá que contratar um plano de email marketing, como o E-goi por exemplo. Em um primeiro momento você poderá utilizar essa ferramenta de graça. Talvez você terá que contratar um funcionário. Também existem inúmeros serviços para você turbinar sua loja virtual, enfim são diversos fatores que você terá que rever conforme sua empresa crescer.

Custos variáveis

Os custos variáveis mudam conforme o número de vendas. Esses valores poderão ser uma taxa sobre a venda (ex: 2% sobre a venda), podem ser um valor fixo sobre cada venda (ex: 40 centavos por cada venda) ou podem ser as duas coisas juntas. Para uma loja virtual iniciante, os principais custos variáveis são os intermediadores de pagamentos, Marketplaces e os materiais de expedição.

Intermediadores de Pagamentos

São empresas que você irá terceirizar a parte de pagamentos. Ou seja, o cliente irá pagar para essas empresas e elas irão pagar para você, descontando uma taxa por venda. Como exemplo, iremos utilizar o PagSeguro. Sua taxa é de 3,99% mais R$ 0,4 centavos por venda. E o tempo para retirada do dinheiro é de 30 dias. Você terá que embutir esse valor no preço do produto.

Materiais de expedição

Uma venda é feita, uau que legal. Agora você precisa embalar esse produto, imprimir algumas folhas e despachar. Isso tudo não é de graça, correto? Então você também precisará embutir esse custo variável no seu preço de venda.

Marketplaces

Os marketplaces são como grandes shoppings virtuais, que possuem um enorme tráfego de clientes. Uma loja que deseja aumentar suas vendas deve considerar sua participação em marketplaces. Eles também cobram uma taxa por venda, ficando em torno de 15% do valor dela.

Total custos variáveis

Então vamos ao total dos custos variáveis. Na verdade, vamos ter apenas uma base aqui, pois irá variar muito de loja para loja. Mas uma loja virtual, irá ter em torno de 20% a 25% de custos variáveis se for trabalhar com Marketplaces. Lembrando que esses valores são para MEI, que não pagam imposto sobre o faturamento.

Revisando..

Quanto custa montar uma loja virtual?

Se você está pensando em abrir uma loja virtual, esteja preparado para fazer um investimento de aproximadamente R$ 18.950,00 , para bancar seus custos fixos de R$ 369,00 por mês. Também se prepare para os seus custos variáveis que estarão na casa dos 20% a 25% do valor da venda.

# Ebook GRÁTIS

Ebook para aprender a ganhar dinheiro online montando um negócio lucrativo

Para você que pretende empreender online, estamos disponibilizando um ebook gratuito que ensina passo-a-passo a começar seu negócio pela internet.

Para fazer o download, CLIQUE AQUI.

Ebook Renda Extra Online

Ebook Renda Extra Online

Aprenda como ter uma renda extra consistente e duradoura pela internet ou até mesmo viver exclusivamente disso

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *